Como fazer o seu e-commerce vender mais?

As lojas virtuais são uma das opções de compra que mais tem adesão dos consumidores. A praticidade de não sair de casa e adquirir produtos com preços quase sempre mais acessíveis se comparados às lojas físicas são alguns dos fatores que fazem sucesso.

Porém, essa não é a realidade para todas as lojas. É muito comum ver empresários reclamando que o seu e-commerce não vende e que está tirando dinheiro de outro negócio para manter a loja funcionando, mesmo com os custos de hospedagem, domínio e estoque serem bem mais baixos do que o aluguel de um espaço físico.

Para ajudar os empresários que estão passando por esse problema, listamos abaixo alguns motivos para a sua loja não vender e o que fazer para mudar esse cenário:

Loja responsiva               

Problemas na estrutura da loja é um fator que pode prejudicar as vendas para quem usa apenas o desktop. Atualmente, é muito comum e tem crescido cada vez mais o número de clientes que utilizam os smartphones ou tablets para realizarem as compras online, seja via app ou no e-commerce, e por isso é de extrema importância ter um layout responsivo, ou seja, o site tem que se adaptar a tela do dispositivo em que está sendo acessado, permitindo uma navegabilidade mais intuitiva.

Além disso, o site tem que ter as mesmas funcionalidades nos dois modos de acesso. Não adianta pensar que todos os clientes verão o produto pelo smartphone e, posteriormente, irão acessar o computador ou notebook para finalizar a compra. Porém, essa é uma funcionalidade estratégica das lojas virtuais da Lojcomm chamada Cross-Device.

Site Lento

Quando a sua loja não vende o suficiente para gerar lucro é preciso fazer algumas análises. Primeiro, alguns pontos estruturais: lojas virtuais que demoram para carregar as páginas (inclusive, isso atrapalha o rankeamento dos sites de buscas), as imagens não abrem ou o envio dos formulários trava, podem ter suas vendas afetadas por conta desses problemas técnicos, fazendo o consumidor trocar de loja.

Hoje em dia, os consumidores gostam de agilidade e qualquer segundo a mais em seu site devido à lentidão da plataforma pode levar a desistência da compra.

Cadastros extensos

Como falamos, o consumidor valoriza agilidade e eficiência, pois eles possuem pouco tempo ou quase nenhum para realizar as suas demandas, além da grande opção de lojas que vendem o mesmo produto. Sendo assim, ao perceber que o seu e-commerce não vende, vale analisar os pontos que podem estar afastando os clientes da sua loja.

Na hora da compra, se o consumidor tiver que preencher um cadastro com inúmeras perguntas, muitas vezes desnecessárias, ele poderá deixar de finalizar a compra. Isso acontece porque com o tempo gasto nesse processo ele pode buscar pelo produto na loja concorrente, que solicita o cadastro apenas com a conexão do Facebook ou até mesmo um click.

Seu e-commerce não vende? Pode ser falta de divulgação!

O e-commerce cresce a cada dia no Brasil, a ponto de serem criadas mais de 50 lojas por dia, ampliando consideravelmente o número de concorrentes no setor. Por isso, quando o e-commerce não vende, é necessário reavaliar as suas estratégias de marketing que ajudam a destacar a loja perante a concorrência.

Somente manter o site ativo não é garantia que os clientes vão encontrar o seu e-commerce e comprarão seus produtos. Para aumentar as vendas, é extremamente necessário investir em estratégias de divulgação online.

Promover campanhas, oferecer conteúdos de relevância para seus clientes e divulgar a marca e os produtos por meio do Google com estratégias de Adwords são algumas das dicas para divulgar a sua loja.

Seu e-commerce merece muita atenção e análise, entre em contato conosco nos comentários ou via e-mail para conversamos sobre as melhores estratégias para alavancar suas vendas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *